Wednesday, December 13, 2017

Opinião "O Prodídio" de Emma Donoughue

Olá queridos leitores!



Opinião (Maggie):

Quando este livro saiu à venda nas livrarias portuguesas eu sabia que o tinha de ler. Já tinha lido "O Quarto de Jack", da mesma autora, e ainda agora é um dos meus livros favoritos. Mas a verdade é que quando lemos um livro que gostamos mesmo ficamos sempre na esperança que o próximo livro que vamos ler do autor seja tão bom ou melhor. 
Deve ser de uma enorme pressão para um autor escrever um livro depois de ter tanto sucesso com o anterior. Por exemplo, todos nós conhecemos o "The Martian" de Andy Weir e esperamos que este livro que acabou de ser lançado ("Artemis"), seja tão bom como o anterior. 

Para  Emma Donoghue eu sabia que ela não me podia desiludir. A história de Jack tem um fundo muito sério e verdadeiro. E no "O Prodígio", conhecemos Anna, uma rapariga que afirmava estar a fazer greve de comer há mais de 3 meses. "Virgens-Jejuadoras" é o nome desta jovens raparigas, e também algumas mulheres, que afirmavam não precisar de comer para sobreviver. 
A história de Anna é muito tensa. Enquanto leitores, não fazemos ideia do que se está a passar para Anna conseguir sobreviver tanto tempo sem comer, mas temos como protagonista Lib, uma enfermeira que está ao cuidado desta menina. Ela faz tudo o que está ao seu alcance para perceber como poderá ajudar mas há algo superior que a impede de fazer o seu trabalho: As crenças do povo, mais especificamente, as crenças religiosas dos pais. 
É um tema um pouco complicado de perceber. Entre o século XVI e XX muita gente seguia a sua vida através das suas crenças, em deus e em outras identidades. Neste livro é referido muito o Deus católico, mas também as Changelings (criaturas que entravam nos corpos das crianças e viviam as suas vidas tentando integrar-se no mundo humano). 

Há um mês atrás passei horas e horas a ouvir  o podcast "Lore". É o melhor podcast que já ouvi, acreditem. E um dos episódios falava sobre as changelings. Deu-me uma visão muito mais aberta ao ler este livro. 

No início do livro tive imensa dificuldade em entender em que ano se passava a história, mas quando comecei a perceber onde a história nos estava a levar, comecei a situar-me um pouco melhor. 

Não é um livro com um passo rápido, mas adorei a história, principalmente porque adoro o tema e fiquei a conhecer mais sobre ele. 

Lib e Anna são personagens incríveis, muito bem construídas.... Donoghue é uma excelente escritora e vou continuar a ler os livros dela. 

Sei que esta é uma opinião muito longa, mas é um livro impressionante que dá muito que falar. 

Agradeço à Porto Editora o fantástico apoio que tem dado ao blogue,


Boas leituras!

1 comment: