Monday, March 2, 2020

Opinião: Universo Humano de Brian Cox





Olá a todos! 

Universo Humano está à venda nas livrarias portuguesas! O meu entusiasmo por ler livros de ciência é sempre enorme e Brian Cox está sempre na minha lista de leituras favoritas. Apesar de ser uma leitura difícil para mim, visto que não tenho muitos conhecimentos nesta área, Universo Humano conseguiu cativar a minha atenção do início ao fim. 
Houve momentos em que me perdi um pouco e que não consegui acompanhar a informação por completo, mas há sempre algo de novo a aprender e não me posso deixar intimidar por uma fórmula matemática que não entendo bem. 

Cada capítulo responde a questões do mais simples ao mais complexo sobre quem somos, como cá viemos parar, será que existem outros seres inteligentes algures no universo, o que poderá acontecer daqui para a frente e onde a inteligência nos poderá levar. Todas estas são questões muito interessantes, algumas das quais já tinha lido em outros livros tanto de Brian Cox como de outros autores mas retira-se sempre algo de novo de livros tão educativos como este.
 Brian escreve de uma forma extremamente divertida e pessoal. Fala como se de alguma forma quisesse conversar com o leitor e essa é uma das caracteristicas que me faz querer ler os livros que escreve e ver as séries que apresenta. 

Houve temas que me interessaram mais que outros, claro... por exemplo quando escreve sobre se estamos sozinhos no universo ou não. Esse tema é sempre do meu interesse porque é um enorme mistério. Brian fala que já foram feitas centenas de tentativas mas que até agora só aconteceu uma vez recebermos um sinal estranho num dos satélites da NASA. Até agora ninguém foi capaz de interpretar o sinal e por isso não sabemos se foi uma interferência humana ou algo mais misterioso. Isto faz-nos pensar...  

Mais para o fim do livro, Brian escreve também sobre o quão bem estamos protegidos no caso de um meteorito ameaçar cair no nosso planeta. Esse era um cenário possível e terrífico no qual muitas pessoas estão a trabalhar e a tentar arranjar soluções para o caso de acontecer. Será que somos capazes de evitar um grande desastre na terra? 

Estes são dois exemplos de temas que adorei ler. Pode ser que estes captem a vossa atenção e assim também queiram ler o livro e comentar comigo o que acharam. 

É uma leitura 5 estrelas! 


Esta é uma opinião honesta com o apoio de:

Mais informações aqui.


Boas leituras! 


Thursday, February 13, 2020

Opinião: Amigo imaginário de Stephen Chbosky




Sinopse (wook)

Kate Reese e o filho, Christopher, estão em fuga. Kate é jovem mas tem já uma longa lista de desaires na bagagem. A única coisa em que nunca vacilou foi no seu amor incondicional por Christopher. É esse amor que a leva a partir a coberto da noite, deixando para trás uma vida em que as boas recordações são raras. Mãe e filho só param quando, por instinto, chegam à pacata vila de Mill Grove. Subitamente, o sonho de um verdadeiro lar afigura-se possível.

E a princípio, parecem ter feito a escolha certa. A vila é pequena e segura, e os novos vizinhos são acolhedores. Mas é então que Christopher desaparece. Durante seis penosos dias, não há notícias dele. E quando reaparece, vindo de um bosque, o rapaz aparenta estar bem. Mas o que ninguém sabe é que ele não voltou sozinho. Christopher traz consigo uma missão e um amigo imaginário - uma voz que apenas ele ouve; o prenúncio da uma tragédia…

Amigo Imaginário é uma obra-prima, fruto de uma imaginação sem limites e de uma profundidade emocional tremenda. Não é apenas um livro de suspense: Stephen Chbosky proporciona-nos uma experiência de leitura extraordinária e inesquecível.


Opinião

Amigo imaginário é o livro mais recente de Stephen Chbosky e eu não podia estar mais entusiasmada para o ler visto que "Vantagens de ser invisível" é um dos meus livros favoritos. 
Christopher é uma personagem muito interessante e ficamos a conhecê-lo muito bem ao longo do livro. A relação que ele cria com o amigo imaginário cativa o leitor logo desde início e foi a partir do ponto em que eles se encontram que eu comecei realmente a interessar-me pela história. 
Este é um livro de terror e mistério que gostava muito de ver representado em filme. Acho que visualmente seria muito mais assustador do que a leitura. Acredito que para muita gente este livro vai ser assustador mas eu não o senti tanto como gostava. 

Como já devem ter reparado, o livro é gigante! Foi difícil por vezes conseguir levá-lo comigo para as aulas ou para o trabalho e por isso não o li tão rápido como queria. Muita coisa se passa na história. Não só seguimos a história de Christopher mas também conhecemos muitas outras personagens que têm conexão com o que acontece na cidade. Por vezes senti que era um pouco desnecessário estarmos a conhecer tanto sobre as outras personagens porque o que eu queria mesmo era continuar com a perspetiva de Christopher. Não conectei muito com elas, talvez porque não conhecemos o suficiente delas para isso. 

A narrativa é fluída e consegue manter-se interessante ao longo das 864 páginas. Por vezes desejava que não fosse tão longo mas ao mesmo tempo sei que uma das coisas que mais me atraiu no livro foi o facto de ser tão grande. 

O twist to livro, apanhou-me mesmo de surpresa! Estive o tempo todo a pensar numa coisa e afinal era outra. Eu estava tão dentro da cabeça da personagem que também eu não estava a perceber o que se estava a passar na realidade. 

Os momentos finais foram intensos e cativantes mas o fim não acabou como mais desejava. 

No geral, gostei desta leitura e recomendo a quem gosta de mistério e terror. 

Tenho de agradecer imenso ao Luís do Sonhando entre Linhas e à LEYA por me terem oferecido este livro para opinião! 






Saturday, January 18, 2020

Novo lançamento

Olá a todos!

Foi publicado ontem nas nossas livrarias o livro "Universo Humano" de Brian Cox e Andrew Cohen. Estou com interesse em ler este livro desde que o vi pela primeira vez nas livrarias do Reino Unido e estou muito contente por ter sido lançado também em Portugal. Estou ansiosa para o ler! 




Sinopse

Universo Humano de Brian Cox e Andrew Cohen aborda algumas das maiores questões colocadas pelo Homem quando tenta compreender a sua própria natureza e o Universo onde vive.

Através dos intermináveis avanços da mente humana, Brian Cox e Andrew Cohen exploram o nosso conhecimento atual e até onde a nossa curiosidade nos pode levar no futuro. Com uma visão inovadora e um discurso acessível, Universo Humano revela como o tempo, a física e a química se uniram para criar uma criatura (nós!) que consegue admirar a sua própria existência e é abençoada com uma sede insaciável por descobrir as respostas às maiores questões alguma vez colocadas:

Quem somos?
Onde estamos?
Porque estamos aqui?
Estamos sozinhos?
E para onde vamos

Vou contar-vos uma curiosidade:
 Alguns de vocês acham estranho que eu continue tão interessada em ler edições em português sabendo que tenho muito mais opções em Londres, mas a verdade é que as edições Portuguesas são TÃO melhores a nível do seu acabamento. O papel é fantástico e de boa qualidade. Dura muito mais tempo do que o papel dos paperbacks ingleses. O tamanho e o peso dos livros portugueses também é algo que dá muito mais gosto em ter nas mãos. Eu diria que somos uns sortudos por ter livros tão bons e tão bem traduzidos à nossa disposição.


Podem ler mais informações e comprar o livro aqui




O que acham desta leitura? 




Thursday, January 16, 2020

Todos os livros que li em 2019!

Olá a todos!

Hoje partilho com vocês todos os livros que li em 2019. Foram 73 no total! Nunca li tantos livros num único ano. O mais estranho de tudo para mim é que nem o fiz à pressa. Sou uma leitora muito lenta, mas li sempre que pude! O que talvez me ajudou a ler tanto foi ouvir audiobooks. Houve alturas do ano em que ouvia audiobooks seja em que momento fosse, a fazer as mais variadas tarefas, como limpar a casa, cozinhar e caminhar na rua.

Aqui estão eles:






Os meus livros favoritos foram:





















Estes 15 livros foram os meus favoritos do ano! Não estão em qualquer ordem, são livros que classifiquei com 4 ou 5 estrelas e que ao olhar para eles agora, sei o quanto ficaram comigo e quanto gostei de os ler. 

Quais foram os vossos livros favoritos do ano? Adorava saber quais são as vossas recomendações. :)

Boas leituras!


Tuesday, January 7, 2020

Novo Lançamento

Olá a todos!

Sai hoje nas livrarias um livro que promete!



Sinopse:

Stella é uma adolescente comum, de uma família honesta. O pai, Adam, é pastor da Igreja da Suécia, respeitado e de uma moral irrepreensível, casado com Ulrika, advogada de defesa.

Os Sandell são a família perfeita, até que Stella é acusada do assassinato brutal de um homem muito mais velho, Christopher Olsen. Mas que motivo poderia ela ter para conhecer um homem de negócios obscuro, quanto mais para o matar? Tudo deve não deve passar de um erro terrível.

Neste emocionante thriller, o magistral contador de histórias Mattias Edvardsson arquitecta uma teia na qual todos se envolvem e nada é o que parece. A história de um crime e a destruição de uma família é contada através de uma estrutura incomum de três partes que mantém o leitor a questionar tudo e todos. Tudo é virado do avesso à medida que a perspectiva muda, uma nova voz assume o controlo e novas sombras são lançadas na luz.






Boa semana!

Tuesday, December 31, 2019

Milkman de Anna Burns




Opinião

Esta é a história da irmã do meio, que vive numa cidade irlandesa sem nome. Nesta cidade, ser interessante é complicado porque implica chamar a atenção das pessoas que gostam de cuscar a vida dos outros. É um livro que explora identidade, a curiosidade pelo mundo e o que nos rodeia, relações complicadas familiares e amorosas, assassinatos e morte!
A personagem principal é como nenhuma outra. Estar a ler este livro é como pegar no diário secreto de alguém que tem MUITO que dizer. O vocabulário é complexo e ao mesmo tempo desleixado porque existem imensas repetições de palavras e está escrito como um monólogo imenso, quase sem pausas, como se a personagem estivesse a desabafar tudo aquilo que tem para dizer de uma única vez. 
Não é de admirar que um livro como este ganhe prémios tão importantes como The Man Booker Prize. É um livro único, como nenhum outro que tivesse lido. 
Para ter uma experiência mais emergente ao ler este livro, ouvi também o audiobook que é narrado pela própria Anna Burns. O sotaque irlandês é interessante de ouvir e fez-me apreciar melhor a personagem. 
O que gostava de partilhar com vocês é que este não é um livro fácil de ler, é muito stressante e muito denso. Eu estava a gostar de o ler, mas só até certo ponto. O livro começou a cansar-me imenso e a aborrecer-me. Vou justificar isto ao dizer que não estava preparada para uma leitura assim, tão diferente do habitual. Ser diferente podia ser considerado como algo positivo para mim mas neste caso não funcionou muito bem. 
Recomendo este livro a quem quiser sair da sua zona de conforto no que toca a leituras e que se queira aventurar com algo novo. Eu queria ter adorado este livro porque o meu mindset era mesmo o que querer algo novo para ler, não no fim não posso dizer que foi o que esperava. 
É um livro que vou guardar com carinho porque penso em voltar pegar-lhe outra vez no futuro, com mais maturidade e paciência. 

Esta leitura tem o apoio de:
Boas leituras!


Tuesday, December 17, 2019

Passatempo "A Filha da Madrasta"


Olá! 

Este Natal oferecemos um exemplar de "A Filha da Madrasta"! 





Para participar clica aqui. 

Muito boa sorte a todos e boas leituras!

Com o apoio de:



Thursday, December 12, 2019

Opinião A Filha da Madrasta de Jennifer Donnelly




Editora: Saída de Emergência
Data de lançamento: 15.11.2019
Mais informações aqui


Opinião:

A Filha da Madrasta é uma versão diferente e mais adulta da história de Cinderella contada na versão da meia irmã. Isabelle é uma das irmãs feias e tudo o que deseja é integrar-se e ser bonita como a sua meia irmã Belle. Isabelle chega aos pontos mais extremos na tentativa de se passar por uma mulher desejável. A história começa logo com Isabelle a cortar os dedos dos seus pés para poder calçar os sapatos da rapariga que príncipe procura. 


É Com o decorrer dos acontecimentos que nos apercebemos que é ao ser corajosa e destemida que Isabelle vai conseguir alcançar algo na sua vida e esta é a maior mensagem que este livro quer transmitir ao leitor. 

Por já não me lembrar bem da história de Cinderella, este livro foi uma grande surpresa para mim. Certas partes da história eram idênticas com o que se passa em Cinderella mas esta, como já referi antes, é uma versão mais negra e mais adulta o que me fez adorar o livro e querer ler mais e mais.
Para quem gosta de fantasia, drama e romance, este poderá ser uma excelente recomendação. A premissa da história é entregue e a escrita leva o leitor a entrar facilmente nos seus acontecimentos. É uma leitura extremamente rápida e interessante. 
A construção de personagens é muito boa. Isabelle e Finch são as personagens que mais gostei e que mais foram desenvolvidas. Adorei as conversas que tinham entre si e achei que havia algo de original e pouco cliché no romance entre eles. Também achei muito interessante o facto de existir uma história entre os dois que acontece antes dos momentos descritos no livro que se vai desvendando e  desenvolvendo aos poucos.

Isabelle, devido à sua pouca auto estima, passa alguns momentos com muitos problemas por resolver mas esta personagem desenvolve-se e mostra o seu valor ao leitor. É este crescer que nos faz ficar curioso a ler mais.

É uma leitura 4 estrelas. Recomendo!

Com o apoio de:

Boas leituras!

Thursday, December 5, 2019

Opinião - Harrow County Volume 3




Editora: G Floy Studio Portugal
Preço: 11,00 €
Mais informações aqui

Opinião


Neste terceiro volume, que junta os números 9-12 de Harrow County, seguem-se três acontecimentos diferentes desta história: Ficamos a conhecer um pouco mais da história do rapaz sem pele; Emmy vai em socorro de uma família que vive numa casa assombrada e Beatrice, a amiga de Emmy, tem a missão assustadora de apanhar serpentes capazes de infectar a mente de pessoas.


Na introdução vemos um comboio à noite com as palavras Harrow County a flutuar e, logo a seguir, conhecemos uma personagem nova de cabelos longos e com um aspeto e personalidade maléfica. Não ficamos a saber muito bem quem é mas percebemos que é alguém com poder e autoridade sobre o rapaz sem pele.
O rapaz sem pele pode ser tão assustador pelo seu aspeto físico mas amigável e admirável enquanto personagem. É uma personagem que me faz lembrar o Smeagol do senhor dos anéis e de quem eu tanto gosto, talvez pelos seus movimentos e expressões. Foi excelente poder começar a leitura com um pouco da sua história.

Beatriz mostra ser uma nova pessoa, muito mais destemida e aventureira. É graças e à sua falta de medo que a história das serpentes se torna tão interessante e viciante de ler. Estou ansiosa para saber o que acontece no próximo volume e para saber que mistérios e aventuras Beatrice terá de enfrentar.


A história da casa assombrada é ilustrada, não por Tyler Cook, mas sim por Hannah Christenson que não pode deixar de ser ignorada por ser tão diferente das ilustrações que estamos habituados a ver em Harrow County. No meu ver, o aparecer desta arte diferente neste volume, leva-nos muito de surpresa. É algo que é introduzido neste volume para criar um novo vibe. Foi bom no sentido em que separa as histórias que estamos a ler e cria um novo sentimento ao leitor, mas para mim, a arte de Tyler é muito mais assombrosa e vívida que a de Hannah e por isso, enquanto lia está parte da história, por momentos, desejava ver os mesmos acontecimentos mas com a arte de Tyler que é muito mais negra que a de Hannah e é esse elemento que me faz gostar tanto desta Graphic Novel.



Emmy, que é a personagem principal da história e a de quem mais gosto, não aparece muitas vezes, mas é frequentemente referida pelas outras personagens. A casa assombrada que tem de visitar é uma história que parece muito à parte das outras e por essa razão conectei menos com ela, mas não deixa de ser interessante ver a forma como os autores deste livro fazem a história fluir.
A arte continua maravilhosa, e diria que está de cada vez melhor. Numa das páginas vemos a cave de covey que contém dezenas de serpentes em jarros. A forma como está desenhado e pintado dá vontade de ficar a olhar durante muito tempo e apreciar os pormenores.
Mais uma vez, no fim do volume, é-nos explicado como o artista desenvolve a arte e é inspirador para mim saber como é feita. Fiquei curiosa com o processo criativo e com as versões da capa que os autores fizeram. Explorei mais online e encontrei no YouTube um vídeo com timelapse de um desenho. Coloco aqui para verem.

Recomendo muito esta leitura. 





Com apoio de:





Friday, November 15, 2019

Livros em Inglês para venda

Olá a todos!

Acumulei muitos livros nestes últimos 2 anos e estou a precisar de desocupar um pouco as minhas estantes.
Cada foto tem o preço e a descrição do estado do livro.

Se estiveres interessado em algum, envia mensagem privada no facebook ou envia email para: maggiebooksblog@gmail.com


Proof copy - Muito bom estado (Tem um vinco na capa apenas). 
Para troca


Hardcover - Como novo
10 euros.

Hardcover - Como novo
10 euros

Hardcover - Como novo
7 euros.

Proof copy (como novo)
Para troca.

Paperback (usado)
4 euros.

Usado (Tem um corte atrás)
4 euros.

Bom estado (tem mancha de café)
5 euros.

Bom estado (tem mancha de café)
5 euros.

Paperback - Como novo 
6 euros

Paperback (como novo)
6 euros.

Hardcover - como novo
10 euros

Paperback - como novo
6 euros

Paperback - Como novo 
6 euros

Paperback - como novo
5 euros

Hardcover - como novo
8 euros

Paperback- como novo
6 euros



Paperback (bom estado) 
6 euros

Hardback - como novo (assinado pelo autor)
8 euros

Paperback - como novo (assinado pelo autor)
4 euros

Hardback - como novo (assinado pelo autor)
9 euros


Aqui estão eles!

Faço descontos quando comprarem 3 livros ou mais.

Boas leituras!